PROFESSORES E ESTUDANTES TEM BENEFÍCIOS NO NOSSO SITE.

SAIBA MAIS

lg_oficina_textos_branco

  • MEUS PEDIDOS
Buscar

Formação e conservação dos solos - 2ª ed.

O livro, em sua 2ª edição, atualizada e ampliada, traz o Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Éuma iniciação à Ciência do Solo, extremamente oportuna para professores de Geografia e Biologia pelo papel de substrato que o solo exerce.
Ver descrição completa

descrição completa

Solos: um dos mais importantes recursos naturais de nosso planeta, tanto para as necessidades humanas, como para a conservação dos ecossistemas. Além de sustentarem os campos de cultivo e pastagens de onde vêm nossos alimentos, ainda comportam campos, cerrados e florestas, integrando a biodiversidade e acolhendo a água das chuvas que depois emerge nas nascentes e mananciais. Neles também assentamos as residências, as estradas e depositamos os resíduos urbanos.

Formação e Conservação dos Solos ensina como os solos se formam e como seu uso pode se tornar sustentável, a fim de que esse recurso natural seja conservado, apesar das muitas centenas de anos em que o homem o degradou: ou porque não o conhecia ou porque não sabia utilizá-lo adequadamente.
O livro é dirigido a profissionais e estudantes de várias áreas, como Agronomia, Biologia, Geologia, Geografia e Engenharias, e, por que não, a todas as pessoas que se interessam em conhecer e preservar a natureza. A iniciação ao conhecimento da Ciência do Solo é realizada por este magnífico livro com uma linguagem simples e precisa, complementado por inúmeras ilustrações em cores.

Formação e Conservação dos Solos, agora em sua 2ª edição atualizada e ampliada, traz o Sistema Brasileiro de Classificação de Solos, é uma iniciação à Ciência do Solo, extremamente oportuna para professores de Geografia e Biologia pelo papel de substrato que o solo exerce. Origem, paisagem e clima condicionam o tipo de solo que se forma e, portanto, o ecossistema natural ou construído que determinado solo sustentará. Explicado pelas classes de uso do solo, o uso sustentável ajuda com que o recurso seja conservado - em contrapartida às muitas centenas de anos em que o homem o usou e o degradou. A prática de queimadas e a adubação verde com plantio direto são abordadas. Preocupar-se com o solo é reconhecer um dos mais importantes recursos naturais do planeta, por sustentar campos de cultivo e pastagens que fornecem nossos alimentos.

O livro inova ao aliar cultura científica e artística, graças à parceria da editora com a Pinacoteca do Estado de São Paulo. Foram reproduzidas cinco obras de arte do seu acervo, produzidas por artistas brasileiros com o tema solo/agricultura, representativas de cem anos de arte brasileira, cada uma com um pequeno texto explicativo. Para coroar a iniciativa, a capa é de uma artista contemporânea que pinta com solos e pigmentos naturais.

O autor Igo F. Lepsch é renomado especialista em solos, doutorado pela North Carolina State University. Tem inúmeros trabalhos publicados e quarenta anos de atuação profissional, como pesquisador no Instituto Agronômico de Campinas, em universidades, consultoria e atividade didática.

Especificação

AutorIgo F. Lepsch
SumárioSumário
Páginas216
ISBN978-85-7975-008-3
eISBN978-97-8857-975-5
Publicação2010
Formato22 x 15 cm
EncadernaçãoBrochura
Edição2

Especificação de Capítulos

Capítulo 01Recurso solo: Descreve um pouco da história da Ciência do Solo, suas ramificações, conceitos e funções do solo e os processos de formação do solo.
Capítulo 02Horizontes do solo: Conceitua e explica como se formam os horizontes, a sua morfologia e explica como é possível identificá-los e nomeá-los.
Capítulo 03Componentes dos Horizontes do solo: Relaciona quais são os constituintes minerais e orgânicos da fase sólida e como as fases líquidas e gasosas interage com eles.
Capítulo 04Fatores de Formação do Solo: Descreve os cinco principais fatores de formação que são: clima, organismos, material de origem, relevo e tempo.
Capítulo 05Princípios básicos e as várias classificações: Descreve os princípios básicos nos quais as várias classificações pedológicas se baseiam bem como os sistemas internacionais e nacionais de classificação.
Capítulo 06Sistema Brasileiro de Classificação dos Solos: Apresenta a estrutura hierárquica e descreve as características das Ordens: Latossolos, Nitossolos, Argissolos, Planossolos, Plintossolos, Espodossolos, Luvissolos, Chernossolos, Vertissolos, Cambissolos, Neossolos, Gleissolos e Organossolos.
Capítulo 07Os mapas de Solos (Levantamentos Pedológicos): Explica como são executados, quais os vários tipos de levantamento e de suas unidades de mapeamento.
Capítulo 08Os mapas de Solos (Levantamentos Pedológicos): Explica como são executados, quais os vários tipos de levantamento e de suas unidades de mapeamento.
Capítulo 09Solos do Mundo: Apresenta mapas esquemáticos e descrições sumárias dos solos das regiões: topical úmida, temperada úmida, pradarias e estepes, regiões desérticas, regiões frígidas, solos d e montanhas e os formados em materiais de origem especiais. Termina apresentando um panorama geral dos recursos de solos para agricultura
Capítulo 10Atividades humanas e seus efeitos nos solos: Aborda a interação solos-ambientes, causas do depauperamento dos solos, tipos de erosão e os fatores que os afetam.
Capítulo 11Conservação dos Solos: Enfatiza aa importância das práticas conservacionistas descrevendo as edáficas, mecânicas e vegetativas explica o sistema de classificação das terras em Classes de Capacidade de Uso e a importância dos planejamentos conservacionistas.

Títulos Relacionados